Administração Municipal busca a liberação do projeto de ampliação da escola técnica Cimol


Seguindo com sua proposta de oferecer variadas formas de capacitação aos taquarenses, facilitando assim sua procura por melhores colocações no mercado de trabalho, a Administração Municipal de Taquara busca junto a Secretaria Estadual da Educação a liberação do projeto de ampliação da Escola Técnica Estadual Monteiro Lobato – Cimol.

Na última quarta-feira (07), durante reunião com o Secretário Estadual da Educação, o taquarense Ronald Krummenauer, o prefeito Tito Livio Jaeger Filho falou sobre a importância do educandário não apenas para o município, mas também para as cidades vizinhas a Taquara.



“Nos tempos de crise em que vivemos atualmente, nunca a qualificação profissional foi tão importante na busca de uma melhor colocação no mercado de trabalho. E o Cimol, que tem uma gama de cursos profissionalizantes, tem sido procurado por pessoas de toda a região”, explicou o prefeito de Taquara.

De acordo com Silvio Quintino de Melo, diretor do Cimol, que esteve acompanhando a comitiva taquarense liderada pelo Deputado Estadual, João Fischer (Fixinha), a pedido do vereador e presidente do Legislativo, Guido Mário Prass Filho, a escola profissionalizante conta atualmente com aproximadamente dois mil alunos matriculados e outros 1.400 interessados na liberação de novas vagas nos cursos oferecidos pela escola – Eletrônica, Eletrotécnica, Técnico em Móveis, Mecânica, Design de Móveis, Química, Informática ou Técnico em Meio Ambiente.

Ao final do encontro, que também contou com a participação do Secretário Municipal de Educação Cultura e Esportes, Antônio Edmar Teixeira de Holanda e do presidente do Círculo de Pais e Mestres (CPM) da escola taquarense, Marlon Lazaretti, o Secretário Krummenauer determinou que o projeto de ampliação do Cimol fosse prontamente desarquivado.

Nos próximos dias, enquanto a direção da escola reúne toda a documentação técnica necessária para o andamento do processo, uma equipe da Superintendência de Ensino Profissional deverá visitar as instalações do Cimol e avaliar a possibilidade do prédio ser ampliado.


ÚLTIMAS DE TAQUARA

%d blogueiros gostam disto: