Prefeitura e comunidade indígena debatem aplicação de recursos


Após o encontro do dia 30 de janeiro, a Secretaria da Saúde (Semsad) e kaigangs abordaram novamente a destinação de recursos para a comunidade indígena. O titular da Semsad, Ricardo Charão, estudará a ampliação da Unidade de Saúde na Aldeia Por Fi Ga, localizada no bairro Feitoria. A ideia é que o espaço abrigue novos equipamentos odontológicos recebidos por doação.

Ricardo Charão também apresentou o número relativo aos repasses do Governo do Estado para a aldeia, cerca de R$ 3 mil por mês. Com o atraso de março a dezembro de 2014, somado com a falta de repasse desde novembro do ano passado, a dívida chega a R$ 33 mil.



Em caixa, a Prefeitura conta com R$ 53 mil. O secretário sugeriu que o dinheiro seja utilizado através do Conselho de Missão entre os Povos Indígenas, o Comin. A sugestão foi bem aceita pelo cacique Antônio dos Santos, que estará presente na elaboração de um plano de trabalho.

Participaram do encontro representantes do Ministério Público, da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) e da Feevale.

 

[Jornalista Romeu Finato| MTb 12042 | Superintendência de Comunicação-Scom/PMSL]


ÚLTIMAS DE SãO LEOPOLDO

%d blogueiros gostam disto: