Vítima de febre amarela morre em Paulo de Frontin; mortes no Rio chegam a 25


São Paulo - Campanha de vacinação contra febre amarela na Unidade Básica de Saúde Gleba do Pêssego, em Itaquera (Rovena Rosa/Agência Brasil)

Apenas uma dose da vacina contra a febre amarela é suficiente para evitar a doençaRovena Rosa/Agência Brasil

A Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro confirmou hoje mais uma morte por febre amarela no estado. O caso aconteceu no município de Paulo de Frontin no sul fluminense. O estado já registrou 25 mortes e 55 casos da doença, de acordo com a Secretaria.



Além de Paulo de Frontin, foram registradas mortes em Valença (seis), Teresópolis (quatro), Nova Friburgo (três), Rio das Flores (duas), Sumidouro (duas), Cantagalo (duas), Angra dos Reis (duas), Miguel Pereira (uma), Paraíba do Sul (uma) e Carmo (uma).

A maior parte dos casos foi registrada nas cidades de Valença (16), Teresópolis (sete), Nova Friburgo (seis), Sumidouro (cinco), Angra dos Reis (quatro) e Cantagalo (três). Os seguintes municípios registraram dois casos: Duas Barras, Rio das Flores e Carmo.

Também foram registrados casos, sem óbitos, nas cidades de Petrópolis, Vassouras, Maricá, Paty do Alferes e Mangaratiba.

A Secretaria de Saúde também registrou cinco casos de macacos infectados nas cidades de Niterói, Angra dos Reis (na localidade de Ilha Grande), Barra Mansa, Valença e Miguel Pereira.


ÚLTIMAS DE BRASIL

%d blogueiros gostam disto: